Principais ações do Cefuria em 2015

Caras/os amigas/os, companheiras/os, parceiras/os,

Este é sem dúvida o ano mais longo das últimas décadas. De ponta a ponta, 2015 foi recheado de ataques aos direitos trabalhistas, sociais e humanos, avanço do conservadorismo, crise econômica e política. Mas a reação também se expressou nas ruas, pela mobilização de movimentos sociais, organizações populares e das minorias – que são de fato maiorias. O cenário confirma a necessidade e a centralidade da organização popular, do trabalho contínuo de formação aliada à prática para construção do poder popular. Para 2016, desejamos ânimo, coragem, criatividade e disposição a todos e todas que se dedicam à transformação social.

É o desejo dos/as educadores/as, coordenadores/as e conselheiros/as Cefuria.

14ª Jornada de Agroecologia 3º Curso de Comunicação Popular (7) Dia de Lutas 5

Neste boletim resgatamos as principais ações do Cefuria em 2015.Aproveitamos para informar que nosso recesso será de 21 de dezembro a 1º de janeiro. Retornaremos ao trabalho no dia 4 de janeiro.

População em situação de rua e a economia solidária: a semente está plantada

ddddddddddddddddddddddddddddddddddddddApós cerca de um ano de atividades, o projeto Coopera Rua encerra 2015 com grandes perspectivas de avanço para 2016. Este ano foi de grande importância para estreitar relações com a população em situação de rua de Curitiba – público com o qual o Cefuria ainda não havia trabalhado de forma sistemática. Direitos humanos, políticas públicas, cultura e arte na rua e economia popular solidária foram temas das 30 rodas de conversa realizadas durante o período. O projeto também encerra o ano com a realização do Curso de Formação de Agentes de Desenvolvimento Local, que reuniu pessoas em situação de rua, servidores públicos municipais, apoiadores dessa população e integrantes do MNPR. >> Leia mais

Segurança e soberania alimentar e os laços entre o campo e a cidade  

IntercambioPensar a alimentação não somente como necessidade biológica, mas de uma construção social que envolve esferas sociais, econômicas e individuais. O Cefuria age como mediador do projeto de Aquisição de Alimentos – PAA em Curitiba e região metropolitana, onde cerca de 10 mil pessoas são beneficiadas. Através de intercâmbio entre campo e cidade, informação sobre agroecologia, e fortalecimento da relação dos agricultores e consumidores, a entidade desenvolve a percepção de um viver mais justo e cooperativo através de formas mais conscientes, ecológicas e sustentáveis de produzir e consumir. >> Leia mais

Padarias Comunitárias: rumo aos 20 anos de caminhada

Padaria Nosso pãoEm 2016 vamos comemorar 20 anos da criação das primeira padaria comunitária integrante da Rede de Paranaense de Padarias Comunitárias. Olhando para estas quase duas décadas de construção, 2015 concentra importantes conquistas e avanços, resultado de passos que vêm sendo dados nos anos anteriores pelas mulheres e homens da Rede. Entre os frutos do trabalho está a consolidação dos Territórios, espaço de ampliação da participação e de enraizamento dos grupos. Formações e oficinas práticas com apoio do poder público possibilitaram o avanço na adequação às normas da Vigilância Sanitária, critério essencial para a valorização da produção. A comunicação entrou com força na receita das padarias comunitárias, e como resultado das oficinas de comunicação popular iniciadas em 2014, neste ano o coletivo de comunicação das padarias, composto por integrantes dos Territórios, criou a página no Facebook. Novas sementes estão plantadas para germinar nos próximos anos, como o avanço na formação na perspectiva de gênero, de forma transversal às ações já desenvolvidas na Rede. >> Leia aqui matérias relacionadas às padarias comunitárias

Clubes de Trocas e Feira Permanente: exemplos da resistência na Economia Solidária

Clubão de TrocasA oitava edição do Clubão de Trocas reuniu mais de 50 pessoas, entre elas as mulheres integrantes de cinco Clubes de Curitiba e Região Metropolitana, compostos principalmente por mulheres. A Feira Permanente de Economia Solidária também termina o ano fortalecida, com a ocupação de um importante espaço de comercialização, localizado ao lado do Terminal do Portão. Semanalmente aos sábados, empreendimentos da Economia Solidária expõe sua produção e seu projeto de economia. As duas práticas são exemplos da construção de saberes, experiências e novas formas de tecer as relações de produção e consumo. Atualmente o Cefuria atua como apoiador das duas ações, em especial pelas participação ativa de conselheiras/os que integram empreendimentos e/ou contribuem na animação dos grupos.  >> Leia mais

Novo desafio: formação em metodologia freireana com servidores/as públicos/as e comunidades

fotogeral_800x532Em outubro deste ano o Cefuria iniciou um projeto em parceira com a Fundação de Ação Social – FAS voltado para a formação em educação popular freireana com servidores/as e integrantes de três territórios em situação de vulnerabilidade social de Curitiba. O objetivo é fortalecer a mudança do paradigma das relações entre os gestores públicos e as comunidades, para que a atuação parta efetivamente da escuta à população, e que as ações e serviços públicos sejam desenvolvidos a partir do diálogo. >> Leia mais

A permanente e transversal luta pelo direito à comunicação  

EPDC1A cobertura midiática que não atende interesses da população e concentração dos meios reforçam a necessidade de lutarmos por um modelo de comunicação democrático. Espaço de debate integrado pelo Cefuria, a Frente Paranaense de pelo Direito à Comunicação e Liberdade de Expressão (Frentex) articulou e participou de importantes discussões e ações, como os Encontros pelo Direito à Comunicação em âmbito estadual e nacional. Dentro da Frentex, o Cefuria também contribuiu em Aula Pública sobre a relação entre a luta contra a redução da maioridade penal e o atual modelo da mídia comercial. A articulação também dá continuidade à discussão e à coleta de assinaturas para o Projeto de Lei da Mídia Democrática. >> Leia mais

Com os pés bem firmes na comunicação popular

Cássia2 (3)Com o tema “Pés no chão e mídias na mão: estratégias de comunicação e luta política”, a 3ª edição do Curso de Comunicação Popular do Paraná proporcionou o encontro e a troca de ideias entre uma rica diversidade de participantes, vindos de vários municípios do Paraná e de outros estados brasileiros. Batizado de Curso Vito Giannotti de Comunicação Popular, em homenagem ao importante companheiro e militante, a atividade realizada em agosto reuniu cerca de 200 pessoas, em Curitiba. Oficinas, debates, e relatos de experiência fortaleceram ainda mais a discussão e a prática da comunicação popular no estado. As notícias produzidas, fotos, vídeos e artigos podem ser conferidos no site do curso. >> Saiba mais

Relatos da Educação Popular: sistematização das nossas práticas

111111111111Apresentamos aqui os Relatos da Educação Popular elaborados neste ano, com o objetivo de sistematizar alguns momentos formativos organizados pelo Cefuria. Com este novo formato de texto, buscamos apresentar de maneira mais aprofundada os conteúdos e metodologias utilizadas nos processos de educação popular.

> Escola de Formação Básica Multiplicadora da Economia Popular Solidária
> Curso de Formação de Agentes de Desenvolvimento Local
> Gênero e sexualidade: precisamos de uma ação pedagógica para a pluralidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 5 =