Nesta quarta-feira tem plenária popular na luta pelo transporte público de qualidade

TransporteNa luta por um transporte coletivo de qualidade, entidades, simpatizantes e militantes são convidados a participar de plenária popular que será realizada nesta quarta-feira (4), na sede do Sindicato dos Engenheiros do Paraná (Senge).

O evento acontece em razão da possibilidade de votação do relatório produzido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que indica irregularidades no processo de licitação das empresas do transporte coletivo de Curitiba. O julgamento que definirá se as irregularidades resultam em tarifa superfatura deve acontecer nesta quinta-feira (5).

O relatório produzido em 2013 apontou que o preço da tarifa do transporte deveria ser de R$ 2,32 – atualmente, a passagem já custa R$3,30. No último dia 26 de fevereiro, estava prevista o julgamento da ação que o TCE move contra o processo licitatório do transporte coletivo de Curitiba, baseado no relatório. A votação – que trataria da nulidade dos contratos com as empresas de transporte, da redução da tarifa e da manutenção da integração com a Região Metropolitana de Curitiba – foi adiada após pedido de vista do conselheiro Ivens Linhares, para que a desintegração da Rede Integrada do Transporte fosse levada em consideração.

A retomada do julgamento, previsto para o dia 5, e a necessidade de aprovação do relatório pelo TCE serão tratadas na Plenária Popular.

Contra a desintegração

No mesmo dia da votação do relatório do TCE, um ato em protesto a desintegração da Rede Integrada de Transportes de Curitiba e Região Metropolitana (RMC) será realizado em Araucária.

Previsto para acontecer às 17h, no Terminal da Vila Angélica, o protesto traz como pautas a reintegração do transporte da RMC e o reestabelecimento de linhas com trajeto até a região central de Curitiba. A revogação do aumento da passagem, e o fim da diferença das tarifas pagas em dinheiro ou em cartão-transporte também são reivindicadas.

Desde o dia 18 de fevereiro, não há mais integração entre ônibus do Transporte Integrado de Araucária (Triar) com terminais que fazem integração com Curitiba. Com isso, as pessoas que se deslocam dessa cidade da RMC para a capital paranaense desembolsam R$ 5,80 para pagar a passagem.

Participe!

>> Plenária Popular do Transporte

Data: 04 de março de 2015
Horário: 18h
Local: Sindicato dos Engenheiros do Paraná (Senge)
Rua Marechal Deodoro, 630 – 22º andar – Curitiba

>> Novo grande ato contra a desintegração nos terminais

Data: 05 de março de 2015
Horário: 17h
Local: Terminal da Vila Angélica
Rua das Araucárias, 2265 – Araucária

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 9 =