Rede Mandala comemora o Dia Nacional da Economia Solidária

A quarta-feira, 15 de dezembro, terá um motivo diferente a ser comemorado: o Dia Nacional da Economia Solidária.

A Feira Permanente de Economia Solidária, que ocorre todas às quartas e sábado, entre 08h00 e 17h00 no calçadão do Museu Metropolitano de Artes(MuMa), no Bairro Portão,  comemora a data em grande estilo.

Além dos empreendimentos já frequentes, diversos outros integrantes de duas redes de economia solidária marcam presença. São integrantes da Mandala Mandala – Rede Paranaense de Economia Solidária Campo Cidade, da qual a Feira é membro, e da Rede Saúde Mental e Economia Solidária (Libersol), da qual alguns empreendimentos da Feira são membros.

Na programação do dia, estão espaço para palestras, rodas de conversa, apresentações musicais, o lançamento do Plano Municipal de Economia Solidária, muita comida saudável e artesanato da melhor qualidade, sempre com o carinho das mãos talentosas das artesãs que lá se revezam.

Aos consumidores(as) e interessados(as), o uso de máscara, duas doses de vacina, o uso de álcool gel são sempre recomendação. E a disseminação da notícia, o incentivo para que outras pessoas também participem e valorizem o comércio local, o comércio justo faz-se imprescindível.

Essa Feira e suas atividades tem assessoramento da incubadora de Economia Solidária da UTFPR (Tecsol/UTFPR), organização que co-executa projeto de fortalecimento da economia solidária estadual, junto ao Cefuria, cujo termo de fomento nº 857556/2017 tem destinado equipamentos àquela rede de empreendimentos, representada por uma Associação Civil sem fins econômicos.


Serviço: Feira Permanente da Economia Popular Solidária

Entre 08h00 e 17h00

Em frente ao Museu Metropolitano de Arte/ Terminal do Portão

Facebook: @assfeirapermanente

Programação

RODAS DE CONVERSAS: 10:00 Antonio Silvestre (Economia Solidária); 14:00 Juliana Greca (Dança); 15:00 Marilene Zazula Beatriz (Conselho e Plano Municipal de Economia Solidária)

Origem do Dia Nacional da Economia Solidária

O Dia Nacional da Economia Solidária foi criado em homenagem ao ambientalista Chico Mendes, que nasceu em 15 de dezembro de 1944. Chico Mendes ficou conhecido pela luta em defesa dos seringueiros da Bacia Amazônica, através da conscientização das empresas em preservar a floresta nativa. O ativismo ecológico de Chico Mendes ganhou dimensões internacionais.

O Movimento de Economia Solidária do Brasil decidiu que o dia 15 de dezembro deveria ser dedicado à nobre causa que representou a vida de Chico Mendes: o Dia Nacional da Economia Solidária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 1 =