Rede Mandala elege nova coordenação

Reunião online do Comitê Gestor da Rede Mandala – Print de tela de computador

Nesta quinta (30), a Rede Mandala realizou reunião de seu Comitê Gestor, tendo como pauta única a eleição da nova coordenação. Em plataforma online, a reunião contou com 34 integrantes da Rede Mandala presentes.

A mística que deu início à reunião trouxe sínteses do trabalho realizado pela Rede Mandala, a partir de frases de seus integrantes. Comércio justo, a força do trabalho coletivo e solidário, o empoderamento de mulheres trabalhadoras e a união entre trabalhadores do campo e da cidade foram evidenciados como fundamentais na construção coletiva da Rede.

Em 11 de setembro de 2018, nascia a Rede Mandala e, alguns meses depois disso, foi estruturada a primeira coordenação. Sua composição une integrantes dos Grupos de Trabalho (GTs) de Comercialização, Comunicação e Formação, que são as bases estruturantes da Rede.

Ademir Fernandes, membro do Núcleo Maria Rosa da Anunciação, que coordenou a reunião do Comitê Gestor, lembrou a importância do trabalho realizado pela primeira coordenação. “A Rede Mandala já é exemplo para outros estados quando se fala em Economia Solidária. Nesse um ano e meio, a gente já fez história. Eleger uma nova coordenação vai ser um passo adiante para consolidar nosso trabalho”, disse.

Para a eleição, cada um dos GTs indicou o nome de dois integrantes (titular e suplente) para compor a coordenação. Os nomes foram definidos coletivamente, em reuniões realizadas anteriormente pelos próprios GTs. Com gestão de dois anos, a nova coordenação da Rede Mandala ficou assim composta:

  • Pelo GT de Formação: Marilene Zazula/Tecsol (titular) e Rozalba Wisnievski/Padarias Comunitárias (suplente);
  • Pelo GT de Comunicação: Luis Pequeno/Sinergia (titular) e Tânia Jubanski/Colméia das Artesãs (suplente)
  • Pelo GT de Comercialização: Ademir Fernandes/Núcleo Mª Rosa (titular) e Roselita Silvino de Souza/As arteiras (suplente) e Simone Latczuk/Padarias Comunitárias (suplente)

Distantes, mas a todo vapor

Em decorrência da pandemia da Covid-19, as articulações e realizações da Rede Mandala têm acontecido de forma remota, prezando a orientação de isolamento social como forma de prevenção ao contágio. Ainda assim, 2020 tem sido um ano de trabalho intenso. Antes da eleição, uma série de informes mostrou aos presentes um panorama do que vem sendo realizado.

Dentre os destaques, o investimento de cerca R$ 532 mil, como parte da execução do projeto “Rede Estadual de Economia Solidária Fortalecendo Campo-Cidade”. O investimento está sendo revertido em bens que visam ampliar a geração de renda das trabalhadoras e trabalhadores que compõem a Rede Mandala e, com isso, fortalecer a Economia Solidária no Paraná.

Outro grande empenho da Rede está na construção e execução do Curso de Comunicação Popular para Empreendimentos Econômicos Solidários, em parceria com a Tecsol – Incubadora de Economia Solidária da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Previsto desde 2019, o curso teve que passar por adaptações diante do contexto de pandemia e ser adequado à plataforma online. Iniciado em maio, o curso tem sido acompanhado semanalmente por cerca de 45 educandos, membros da Rede Mandala e da Associação de Feirantes de Economia Solidária (Afesol), de Ponta Grossa (vinculada à Incubadora de Empreendimentos Solidários – IESOL – da Universidade Estadual de Ponta Grossa). Ao todo, serão 21 aulas, com previsão de término no fim de setembro.

Junto a isso, estão em construção Planos de Negócio para os empreendimentos que serão beneficiados com equipamentos, Planos de Comunicação para as redes que compõem a Rede Mandala e material de divulgação da Rede Mandala, como camisetas, ecobags, aventais e flâmulas para pontos de comercialização.

Nos próximos dias, ainda estão previstas roda de conversa sobre rotulagem de alimentos (já com data marcada para o dia 06/08) e roda de conversa sobre cooperativismo (com data a ser definida).

A reunião do Comitê Gestor foi encerrada com música e muitos “vivas” à construção coletiva que vem sendo realizada pela Rede Mandala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 3 =