Comitê Gestor é formado para ajudar desenvolvimento do projeto Coopera Rua

(foto: Anderson Moreira)

(foto: Anderson Moreira)

Para ajudar no desenvolvimento do projeto ‘Gerando renda e criando dignidade com a população em situação de rua de Curitiba’, ou simplesmente ‘Coopera Rua’ foi criado nesta segunda-feira (29) um Comitê Gestor que acompanhará as atividades do Projeto. O grupo de cinco integrantes foi formado em reunião realizada na sede do Centro de Formação Urbana Rural Irmã Araújo (Cefuria), e conta com membros de instituições que trabalham no atendimento e acompanhamento de pessoas em situação de rua da cidade.

O Comitê é inicialmente formado por representantes do Ministério do Trabalho e Emprego, do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), do Cefuria, da Casa de Acolhida São José e do Serviço Franciscano de Solidariedade. Outros atores serão convidados, de acordo com as indicações deste coletivo.

Entende-se que, pelo trabalho já realizado, essas pessoas poderão contribuir com sugestões para o desenvolvimento das atividades do projeto, que visa contribuir no fortalecimento e dignidade da população em situação de rua de Curitiba através de iniciativas de economia solidária.

Acompanhamento, monitoramento e aconselhamento estão entre algumas das funções atribuídas aos Comitês Gestores. O grupo deve realizar reuniões trimestrais, para avaliação das atividades. A próxima reunião deve ser realizada no dia 28 de setembro, às 8h30.

Sobre o projeto

O projeto ‘POPRUA’ está sendo desenvolvido desde novembro de 2014, e é resultado de parceria firmada entre Cefuria e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio da Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes).

Em conjunto com o MNPR e outras entidades e órgãos públicoS municipais, o projeto tem como objetivo fomentar a geração de renda para a população em situação de rua através de iniciativas de economia solidária. Para isso, atividades como oficinas, rodas de conversa e cursos de capacitação devem ser desenvolvidas durante os 24 meses de duração do convênio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 7 =