Movimentos e organizações sociais de Curitiba farão ato pelas Reformas Populares

A partir da primeira Assembleia dos Movimentos, realizada na última segunda-feira (26), foi criada a Frente Popular, que reúne diversos movimentos sociais, organizações, coletivos, militantes e demais pessoas interessadas em construir as reformas democráticas e populares.

Assembleia dos Movimentos

A pluralidade de entidades presentes na Assembleia indica que a Frente começa fortalecida. Entre elas estava o Movimento Popular por Moradia (MPM), Levante Popular da Juventude, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), CASLA Latino Americana, Grêmio do Colégio Estadual do Paraná, União Paranaense dos Estudantes (UPE), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Marcha Mundial de Mulheres (MMM), Cicloiguacu, Kizomba, Juventude PT, do PDT, e do PSOL, além de outras organizações.

O próximo passo já está marcado: Dia 1º de dezembro, uma nova Assembleia acontece na Praça de Bolso do Ciclista, que fica no início da rua São Francisco, a partir das 19h. Dentre as pautas está a organização da Marcha pelas Reformas Populares, agendada para o dia 10 de dezembro.


Confira e compartilhe a página da Frente Popular no facebook: 
https://www.facebook.com/frentepopularcuritiba/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 5 =