Seminário Direitos Humanos – Rompendo fronteiras e desencontros, questionando e ocupando espaços, as possibilidades de transformação da vida

O Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH) Dom Hélder Câmara estará realizando um seminário sobre direitos humanos e direito à cidade. O tema é “Direitos Humanos: rompendo fronteiras e desencontros, questionando e ocupando espaços, as possibilidades de transformação da vida”.

O link para as inscrições é: https://docs.google.com/a/caritas.org.br/forms/d/1_lkJtfxuedBZEezwT0X4A4mX_pbw4WeWL5FxLbYe9Rs/viewform?c=0&w=1, com emissão de certificados.


Programação

24 de novembro
9h – Abertura cultural
Direitos Humanos: rompendo fronteiras e desencontros, questionando e ocupando espaços, as possibilidades de transformação da vida

10h – Morar, Conviver e se Relacionar, Participar e se Organizar, Expressar-se, Ocupar os Espaços Públicos: em debate, os Direitos Humanos e o Direito à Cidade.
Alessandra Miranda – assessoria Nacional da Cáritas
Thiago Bagatin – professor de psicologia da PUCPR
Daniele Regina Pontes – Doutora em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Sócia da Ambiens Sociedade Cooperativa.

13h30 – Abrindo espaços nas cidades: o direitos a morar e a ocupação do espaço público.
Luana Xavier Pinto Coelho – advogada da Terra de Direitos
Leonildo Monteiro – Movimento Nacional de População em situação de Rua

16h30 – “Como que eu faço se não sei falar sua língua”: rompendo fronteiras na construção da solidariedade entre os povos e na garantia de direitos.
Mariana Duarte – Colaboradora do projeto de extensão da UFPR de apoio a migrantes e refugiados.
Elizete – membro do comitê estadual de migrantes e refugiados

25 de novembro

9h – “Que nada nos defina”: superar os desencontros nas relações de gênero e promover os direitos humanos
Nanci Stancki da Luz – Colaboradora do projeto de extensão da UFPR de apoio a migrantes e refugiados
Promotoras Legais Populares
Andreia Lais Cantelli – Coordenadora do Transgrupo Marcela Prado13h30 – A Construção da Juventude: menos violência, mais perspectivas, mais vida. “chega de violência e extermínio de jovens
Jandicleide Lopes – Coordenadora do Projeto Escola que Protege
Cezar Bueno de Lima – Professor da PUCPR
Geraldo Pires – ex-articulador da Casa da Juventude do Paraná.
16h30 – considerações finais e avaliação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 6 =